Diagnóstico

O exame físico, além da anamnese são os pontos fundamentais para o diagnóstico da lesão meniscal. Dor na face interna ou externa, com aumento de intensidade a apalpação, é indicação de uma lesão. A presença de derrame articular, acúmulo de líquido sinovial, na articulação, também é um sinal importante para o diagnóstico. Um joelho com aumento de volume é um joelho que padece e deve ser tratado conservadora ou cirurgicamente.

Os exames radiológicos para o diagnóstico das lesões meniscais não são conclusivos. Apesar que devem ser sempre feitos para descartar problemas ósseos e mal alinhamento do membro inferior. Muitas vezes a presença de pequenos fragmentos ósseos livres na articulação, corpos livres, podem simular uma lesão meniscal com bloqueio da articulação.

A ressonância nuclear magnética foi o maior avanço no diagnóstico das patologias do joelho. Através dela podemos ter uma ideia exata do que esta acontecendo e planejar o tratamento cirúrgico, diminuindo assim as chances de erro no tratamento.

admin