Tratamento

Estudo pré-operatório

A substituição da articulação do ombro por uma prótese precisa de avaliação pré-operatória da sua função e musculatura envolvente. É realizado um criterioso exame clínico e estudo imagiológico como Tomografia computadorizada ou ressonância magnética, além da radiografia clássica em várias incidências. Estes exames permitem uma visão detalhada da articulação, possibilidades de colocação dos componentes protético, as condições dos músculos que fazem mover o ombro, prevendo o seu bom funcionamento na recuperação da mobilidade pós-operatória.

 

Podem ser usados esses tipos de próteses:

Prótese parcial

Hemipróteses – só substituem a extremidade superior do braço, a cabeça do úmero
Hemipróteses – só substituem a extremidade superior do braço, a cabeça do úmero

Prótese total

protese total
Próteses totais – substituem também a zona articular da omoplata, além da cabeça umeral.

A opção entre os 2 tipos de prótese depende de vários fatores tais como o grau de degradação da articulação e a sua causa. O terceiro tipo de prótese é a REVERSA utilizada para pessoas que não tem uma qualidade e função adequada do manguito rotador.

 

Saiba mais sobre esses tipos de prótese clicando aqui.

admin