Meniscos

Os meniscos são duas estruturas semi circulares em forma de meia lua que possuem como função principal o amortecimento articular, assim como a distribuição do peso exercido sobre a articulação. São elementos fibrocartilagineos, com forma triangular, que além de transmitirem as cargas, estabilizam o joelho, amortecendo choques e ajudando o líquido sinovial distribuir-se para nutrir a cartilagem da articulação. São formados predominantemente de colágeno tipo 1 e 2. O colágeno tem o formato circunferencial, padrão este ideal para a absorção de cargas compressivas. Existem dois meniscos em cada joelho, o medial e o lateral.

12

 

Sutura de menisco

O menisco tem como sua principal função à absorção do impacto na articulação do joelho. Age na estabilidade, proteção, nutrição da cartilagem e na harmonia articular. A perda do menisco é calamitosa para os joelhos. Cada joelho possui dois meniscos, o medial (interno) e o lateral (externo), que são fibrocartilagens, com pouca vascularização, inervação e mobilidade. As lesões meniscais ocorrem, geralmente, sempre que os meniscos, durante os movimentos do joelho, não acompanham os côndilos nos seus deslocamentos, assim adaptam uma posição anormal em relação aos côndilos, acabando por ser esmagados. As lesões dos meniscos ocorrem após traumas por torção, em prática esportiva ou em atividades diárias, como levantar após um simples agachamento.

Qual a importância dos meniscos do joelho?

  • Funcionam como uma vedação para espalhar a força do peso do corpo sobre uma área maior de superfície
  • Contribuem de forma secundária com a estabilidade articular

Existem dois grupos de lesões dos meniscos:

  • Traumáticas: após torções, normalmente em pacientes jovens. Essas lesões são candidatas a sutura e são dividas nos seguintes padrões: Longitudinais, Radiais ou transversais, Horizontais e Complexas.
  • Degenerativas: comuns em pacientes com idade acima dos 45 anos.

Lesão meniscal radial (menisco externo): Os sintomas mais presentes na lesão meniscal é a dor no movimento de rotação e flexão, que se agrava com atividade física e agachamento, sinovite/derrame articular (aumento de volume do joelho) e por vezes bloqueio articular. Quando doloroso, indicasse tratamento cirúrgico.

Lesão oblíqua ou em flap: Dolorosa a rotação, com percepção de bloqueios da articulação, derrame articular. Tratamento cirúrgico.

Lesão longitudinal completa (Alça de Balde): Dor aos movimentos de rotação e flexão. Geralmente a articulação é bloqueada em flexão, derrame articular. Tratamento cirúrgico.

Lesão horizontal (menisco externo), com cisto parameniscal, gera dor quando ocorre movimentos de rotação e flexão. Derrame articular. Quando doloroso, indicasse tratamento cirúrgico.

 

As lesões longitudinais e horizontais, localizadas na zona com maior vascularização, são as que melhor se enquadram no perfil da sutura e com melhores resultados.

3menisco1menisco2

admin