Meniscorrafia (sutura do menisco)

É a sutura do menisco, resguardando-o. Essa sutura depende do tipo de lesão, tamanho, localização entre outros fatores. Alguns tipos de dispositivos que podemos utilizar são os fios de sutura e dardos meniscais. Após o procedimento de meniscorrafia é necessário o uso de um par de muletas no pós operatório e o paciente não pode colocar o pé no chão até a cicatrização da sutura do menisco. É realizada por artroscopia, uma técnica que tem como objetivo tentar preservar o menisco, tentando suturar e não fazendo a meniscectomia (perda de parte do menisco).

Existem três técnicas de sutura do menisco:

Inside-out – de dentro para fora;

Outside-in – de fora para dentro;

All-inside – totalmente por dentro

 

Fatores prognósticos para as suturas de menisco:

1) Tempo decorrido da lesão;

2) Idade do paciente;

3) Local / Área da lesão;

4) Tipo / Padrão da lesão;

5) Se a sutura será feita em conjunto com a reconstrução ligamentar ou isoladamente.

 

No pós-operatório, existe a necessidade de restrição parcial da carga e do arco de movimento nas primeiras semanas, aumento do tempo de reabilitação e retorno as atividades esportivas.

Quando avaliamos os resultados da Meniscorrafia, encontramos taxas de êxito e sucesso em cerca de 70 a 95% dos casos. A preservação do menisco significa a prevenção e retardo do desenvolvimento de artrose no joelho, pois a principal estrutura de absorção de impacto foi preservada.

 

meniscorrafia

admin